Espiritualidade da Ordem de Santa Clara de Assis

Espiritualidade da Ordem de Santa Clara de Assis

Junho 11, 2021 0 Por Clarissas

Na forma de vida das irmãs Pobres de Santa Clara o princípio e a finalidade da sua existência é viver em comunhão com o Senhor que por nosso amor se fez pobre, a fim de nos enriquecer com sua pobreza (cf. 2Cor 8,9). A meta é que todos cheguem ao estado de homens perfeitos, que, na maturidade do seu desenvolvimento, é a plenitude de Cristo (cf. Ef 4,13).

Mas, para isso, a exemplo da Fundadora Santa Clara, as Irmãs procuram viver na oração e contemplação, na escuta e na leitura da Palavra de Deus, na vivência intensa da vida sacramental (Eucaristia e Penitência), no silêncio, na partilha fraterna e no amor recíproco. A vida de santidade, vivida por Clara de Assis e suas companheiras, recordam-nos as atuais palavras do Papa Francisco na Exortação Apostólica Gaudete et Exsultate: “A santidade é feita da abertura habitual à transcendência” (GE 147).

Na mesma Exortação Apostólica, o Papa afirma que a “santificação é um caminho comunitário” (nº 141), com um claro projeto fraterno capaz de transformar a comunidade num “espaço teologal onde se pode experimentar a presença mística do Senhor ressuscitado” (nº 142). Uma vida comunitária atenta aos valores “de tantos pequenos detalhes diários” (nº 143), espelhada na forma “como Jesus ensinava os discípulos a prestarem atenção aos detalhes” (nº144). Dar atenção aos pequenos detalhes do quotidiano não significa dispersão na busca do essencial, pelo contrário, os detalhes são sacramentais que ajudam a “não perder de vista o ponto de partida” e fortalecem os cristãos a percorrer “com cuidado e confiança o caminho da bem-aventurança” (cf. 2CtIn 11-4).

A vida claustral, perante a “globalização da indiferença” do nosso tempo, provoca a humanidade para uma revisão de vida, para criar uma nova sensibilidade a partir do coração. Com ternura e firmeza cada Clarissa pode dizer ao mundo de hoje usando as mesmas palavras de Santa Clara: presta atenção… Olha dentro de ti… Não percas de vista as motivações do início… Olha para o céu… Ama com todo o coração… Ora e vigia sempre… Contempla apaixonadamente… Espelha em Cristo o teu rosto… Fala a linguagem do espírito.

O itinerário de santificação da comunidade dá-se no cultivo diário de cada pequeno gesto de amor. Somos uma Comunidade/fraternidade onde cada gesto de amor repercute no bem da humanidade.

Através da liturgia vive-se intensamente a atualização sacramental do mistério de Cristo na sua encarnação e paixão que foram

“Cada cristão, quanto mais se santifica, tanto mais fecundo se torna para o mundo” (GE 33).